CCB-PR

CENTRO CULTURAL

BOLIVIANO

DO PARANÁ

CCB

TUDO SOBRE BOLÍVIA 

Dados Gerais - Símbolos pátrios - Himnos - Comidas típicas - Vestuário - Danças

     Flor típica boliviana Início/Home  

Bolívia 

Coração de América do Sul e muito singular em quanto a sua gente, folclore, tradições, lugares místicos, etc.

Vale a pena conhecê-la !

CCB-PR

CENTRO CULTURAL

BOLIVIANO

DO PARANÁ
 

CAIXA POSTAL 24041
CEP 82200-980 CURITIBA-PR
BRASIL
e-mail: ccb@ccbparana.org.br 

 

FALE CONOSCO

 

Dados Gerais Símbolos Pátrios Hinos
Comidas típicas Vestuário típico Danças Típicas
Música    

 

DADOS GERAIS

 

NOME OFICIAL.- Estado Plurinacional de Bolívia (desde 2010)
Bolívia se constitui num Estado Unitário Social de Direito Plurinacional Comunitário, livre, independente, soberano, democrático, intercultural, descentralizado e com autonomías. Bolivia funda-se na pluralidade e o pluralismo político, econômico, jurídico, cultural e linguístico, dentro do processo integrador do país.

==========================

CAPITAL CONSTITUCIONAL

Sucre conhecida também como Capital Histórica da Bolívia.

==========================

CAPITAL ADMINISTRATIVA (POLÍTICA)

La Paz, sede do governo.

==========================

INDEPENDÊNCIA

Grito libertário: 06/08 de 1825

Festa Nacional.- 6 de Agosto, Dia da Independência
Refundação: 22/01/2010 como Estado Plurinacional

==========================

PRESIDENTE

Evo Morales Ayma (1º presidente indígena da história de Bolívia)

==========================

BANDEIRA

Vermelho, amarelo e verde (em 3 faixas horizontais iguais)

Vermelho = representa o sangue derramado pelos valorosos defensores da pátria

Amarelo= representa a riqueza mineral (ouro) do país;

Verde= representa a riqueza natural de bosques e florestas;

==========================

IDIOMAS

Os idiomas falados são: Espanhol, Quéchua, Aymará e tupi-guarani

==========================

DIVISÃO POLÍTICA

Em sua Divisão Política: O país está estruturado política e administrativamente em 9 departamentos,

La Paz, Oruro, Potosi (planalto)

Cochabamba, Tarija, Chuquisaca (vales bolivianos)

Sta.Cruz, Beni e Pando (trópico oriental boliviano)

==========================

ALTITUDES DAS PRINCIPAIS CAPITAIS

La Paz 3600 msnm

Cochabamba 2500 msnm

Sta.Cruz de la Sierra 400 msnm

==========================

LUGARES DECLARADOS PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE

Potosí (Cultural 11/12/1987)

 

 

 

 

Misiones Jesuíticas de Chiquitos (Cultural 12/12/1990)

 

 

 

 

 

Sucre, Cidade Histórica (Cultural 13/12/1991)

 

 

 

 

 

 

Samaipata (Cultural 5/12/1998)

 

 

 

 

 

Tiwanacu (Cultural 30/12/1987)

 

 

 

==========================

HORA OFICIAL

Hora oficial: 1 hora a menos em relação ao Brasil, 2 no horário de verão.

==========================

LIMITES

Limita ao Norte e ao Leste com o Brasil,

ao sul com a Argentina, a Oeste com o Peru,

ao Sudeste com o Paraguai e a Sudoeste com Chile.

==========================

GEOGRAFIA

No território boliviano  consideram-se 3 zonas geográficas predominantes:

1. Andina: Que cobre 28% do território nacional com uma extensão estimada

de 307,000 km. quadrados. Esta zona se encontra a mais de 3.000 m.s.n.m., situada entre os 2 grandes ramais andinos: as cordilheiras Ocidental e Oriental ou Real, as que apresentam alguns dos picos mais elevados da América.

2. Sub-Andina: Região intermediaria entre o planalto e o trópico oriental que cobre 13% do território, e compreende os vales e "os yungas" (a 2.500 metros de altitude como média).

Caracteriza-se por sua atividade agrícola e seu clima morno (15 a 25ºC).

3. "Llanos Tropicales": Cobre 59% da superfície nacional e situa-se ao norte da cordilheira Oriental ou Real que estende-se desde o sopé dos Andes até o Paraguai. É uma terra de planaltos e baixas mesetas, cobertas por extensas selvas ricas em flora e fauna. Registra uma temperatura média anual de 22 a 25ºC.

==========================

PICOS MAIS ALTOS

Sajama (Oruro) 6542 m

Illampu (La Paz) 6421m

Illimani (La Paz) 6402m

==========================

CURIOSIDADES

Na Bolívia encontra-se o lago considerado mais alto do mundo, o Lago Titicaca,

situado a 3,810 m. s.n.m, numa extensão de 8.100 km2 .

Navegam embarcações de grande porte, e possui também algumas ilhas como "La Isla del Sol", "La isla de la Luna" Koati e outras.

==========================

RIOS

Bolívia tem 3 sistemas hidrográficos:

Bacia do Norte ou do Amazonas: De leste a oeste está constituída, principalmente, pelos rios "Madre de Dios", Orthon, Abuná, Beni, Yata, Mamoré e Iténez ou Guaporé.

Bacia Central ou Lacustre: Formada pelos lagos Titicaca e Poopó, e o rio Desaguadero e grandes salinas como o de Coipasa e Uyuni.

Bacia do Sur ou de “La Plata”: Composta principalmente pelos rios Paraguai, Pilcomayo e Bermejo.

==========================

Salar de Uyuni (Potosí) 10.500Km2 (mar de sal)

==========================

ECONOMIA

PIB 2003: Aprox. 9 bilhões de US$ p/ano

Inflação acumulada: (2006): 2,47%

Taxa de Analfabetismo: 10%

Média de escolaridade: 7 anos

Taxa de desemprego: 8,5%

La Paz: 2.350.000 hab.

Cochabamba: 1.450.000

Sta.Cruz de la Sierra: 2.029.000

Pando: 52000 hab.

==========================

TEMPERATURAS MÉDIAS

La Paz 10-11 graus max.21-22 (verão)

Cochabama 19 graus - 35-36 (verão)

Sta.Cruz 24graus - máx. 39-40 (verão)

 

SÍMBOLOS PÁTRIOS

Escudo de Armas de Bolívia

 

Bandeira boliviana

 

Escarapela boliviana

 

Flor de Kantuta (Flor nacional)

 

HINO NACIONAL DA BOLÍVIA

Bolivianos el hado propicio

coronó nuestros votos y anhelo

es ya libre, ya libre este suelo

ya cesó su servil condición

Al estruendo marcial que ayer fuera

y al clamor de la guerra horroroso

Siguen hoy en contraste armonioso

dulces himnos de paz y de unión

De la Pátria, el alto nombre

en glorioso esplendor conservemos

Y en sus aras de nuevo juremos

! Morir antes que esclavos vivir!

! Morir antes que esclavos vivir!

! Morir antes que esclavos vivir!
 

Baixe o Hino boliviano: hinoBolivia.mp3 (clique com o botão direito / Salvar destino como...)
Música típica boliviana: vivaBolivia.mp3 (Ritmo de Cueca) - idem operação acima.

 

COMIDAS TÍPICAS

As comidas típicas da Bolívia diferem de acordo com a região do país. Nas cidades da região ocidental ou andina a base dos pratos é o milho, queijo, carne suína, ovino, batatas, pimenta. Já nas cidades de vale (região central ) como Cochabamba, Tarija e Chuquisaca as comidas são variadas e consume-se bastante verdura, batata, milho e carne bovina. Na região oriental (Santa Cruz, Beni e Pando), os pratos são a base de arroz, mandioca (aipim), carne bovina, queijos, derivados de aves.

Fricasé de porco (Região Andina)

Comida típica boliviana com carne suína, "chuño" = batata deshidratada, "mote"= milho branco, "Ají amarillo" = Pimenta em vagem amarela, temperos. Muito difundida no ocidente boliviano.

 

"Majao"(Região Oriental)

Comida típica da região oriental da Bolívia (Santa Cruz de la Sierra) parecido como o arroz carreteiro brasileiro. Leva ovo e carne de sol.

 

"Chicharrón de cerdo" (Região dos Vales)

Comida típica da região dos vales da Bolívia (Cochabamba). Carnes suinas fritas acompanhadas de milho (choclo) e "Llajua "=molho picante

 

Saice Tarijeño: Prato típico que contém picadinho de carne bovina, batatas grandes, cebola, tomate, ervilha.

 

VESTUÁRIO TÍPICO

Polleras (espécie de saias com pregas)

Muito utilizada pelas chamadas "Cholas" nas cidades de La Paz, Oruro, Cochabamba, Potosí, Tarija, Chuquisaca.

 

Traje indígena

Também usam "Polleras" porém com tecidos e tramas típicas andinas. É mais usado na região do planalto boliviano (La Paz, Oruro, Potosí).

 

Tipoy

Vestimenta típica do oriente boliviano (Santa Cruz, Beni, Pando) com tecidos leves e estampados, por causa do clima e do calor.

 

DANÇAS TÍPICAS

 

As danças bolivianas são danças folclóricas com muito colorido e movimento. Há uma grande variedade de danças, desde senhoriais e cadenciadas como a "Cueca" até sensuais e impetuosas como a de "Caporales".

 

Conheça algumas das mais difundidas danças bolivianas.

 

Cueca

Dança senhorial onde um casal dança com lenços e denota o flerte realizado pelo par masculino na conquista do amor do par feminino. Compõe-se de 3 partes sendo a primeira parte de conhecimento entre o casal, a 2da.parte o flerte, propriamente dito, e a última a conquista. Dança-se com lenço branco. A mulher usa saia chamada 'pollera' e o homem vestimenta indígena ou citadina.

 

Caporales

Geralmente dançada em grupo, esta dança é a preferida de 9 entre 10 dançarinos folclóricos, pois mostra toda a sensualidade da mulher e a força e agilidade do homem que faz de sua conquista o ponto alto da dança. Requer muito fôlego e entusiasmo pois o ritmo é contagiante e pede muito movimento do casal. O homem usa traje típico, uma espécie de colete, e botas e a mulher chapéu, blusa, mini-saia e salto alto tudo bordado e enfeitado com cores e motivos folclóricos.

 

Morenada

A Morenada é uma dança menos movimentada, porém cadenciada e exige pouco movimento do homem e mais da mulher. Nesta dança a mulher participa como uma figura decorativa onde mostra sua capacidade criativa de passos e vestimenta colorida e exuberante que complementam a figura masculina. O homem 'moreno' leva uma vestimenta bordada com muita pedraria, fios prateados e dourados, além de botas e o peso todo de sua vestimenta pode passar de 25kg. motivo pelo qual a Morenada é conhecida como dança 'pesada'.

 

Tinku

Originalmente esta dança foi denominada como dança de confronto, pois emulava uma suposta "luta" entre rivais de diferente "Ayllu" (comunidade ou vila na linguagem Quechua/Aymara) pelo "amor" de uma indígena em disputa. Atualmente apenas preservou-se os gestos da luta e da força física dando lugar a uma imponente dança de muita cor e movimento. O homem usa uma espécie de capacete de couro e a mulher saias compridas de "aguayo" tecidas a mão com cores tipicamente andinas.

 

Diablada

De entre as danças típicas da Bolívia, uma que faz tanto sucesso quanto a de "Caporales" é a famosa "Diablada" representada pela figura do diabo que acaba derrotado pelo "Bem" e é conduzido até o altar da Virgen do Socavão (Oruro) para pedir perdão de joelhos. Obviamente que este tipo de dança empolga pela beleza do traje e seu bordado e faz com que as pessoas vejam mais diversão nisso do que propriamente o "mal" que ele estaria representando. O homem usa uma máscara e capa com diversos enfeites de dragões e cobras para dar um aspecto macabro, e a mulher (china supay) usa uma saia bordada e com muita pedraria e lenços coloridos. Somente vendo uma dança dessa para ver o espetáculo que ela representa.

 

Taquirari

Uma das danças mais difundidas no Oriente boliviano (Santa Cruz de la Sierra, Beni e Pando) é o Taquirari, ritmo de dança leve e muito alegre dançado praticamente em toda festa de família, clube, carnaval, etc. O "Camba", como é chamado o homem na dança, faz uma coreografia de conquista a seu par que por sua vez com seu vestido rodado de cetim vai dando toda graça ao baile. É uma dança tipicamente dos colonos e dos trabalhadores rurais que trabalham nas fazendas orientais e os quais usam roupas leves e claras por causa do calor reinante.
 

Você pode aprender estas e muitas outras danças bolivianas. O CCB ministra aulas gratuitas. Só precisa de 1 ou 2 horas por semana. Se ficar interesado(a) escreva-nos para gdf@ccbparana.org.br ou clique AQUI para solicitar um convite a um de nossos ensaios.

 


MÚSICA


A música boliviana é uma das artes mais ricas do continente, pelo uso que faz de instrumentos típicos de corda, vento, de percusão, etc. que uma vez utilizados pelas centenas de grupos musicais folclóricos que existem por lá, fazem com que o resultado seja uma seqüência de acordes e sons ora melancólicos, ora alegres e empolgados dando um caráter singular à interpretação da música. Um dos grupos de maior fama nacional e internacional é o grupo KJARKAS que já deu volta ao mundo e fez shows nos 5 continentes. Ele é considerado o melhor grupo de música boliviana, embora existam inúmeros outros grupos de muita qualidade que fazem a festa do povo boliviano e dos turistas que visitam o país.
Veja uma das músicas mais emblemáticas da Bolívia. Esta música é o terceiro em importância após o Hino Nacional e "Viva mi Pátria Bolivia" e tem por título: Bolívia.

Música: BOLÍVIA (vídeo-clip)
Letra e Música: LOS KJARKAS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Designed by: mba7    Kalaxia                                      ©Copyright 2008 CCB-PR